Público da Bienal faz "beijaço" contra ordem de Crivella para apreender livros

Público da Bienal faz "beijaço" contra ordem de Crivella para apreender livros

Frequentadores da Bienal do Livro fizeram neste sábado (7) protestos contra a ordem do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, de apreender exemplares do romance gráfico "Vingadores, a cruzada das crianças" (Salvat), que tem a imagem de um beijo entre dois personagens masculinos.

Várias bandeiras com o símbolo do arco-íris foram erguidas em vários pontos do Rio Centro. Perto da Arena #Semfiltro, que tinha como tema 'Literatura arco-íris', alguns casais do público fizeram um beijo simultâneo.

"Essa questão do Crivella, não tem como não falar. Fiquei muito triste, porque me senti pessoalmente atacado. E é realmente um ataque. Mas não durou dez minutos porque quando eu vi a reação das pessoas dizendo 'não, não é assim que funciona, estamos juntos e não vamos ceder', isso que foi o mais forte", disse o autor Vinicius Grossos, que participava do espaço.

Leia a matéria completa, clique aqui.