Público da Bienal faz "beijaço" contra ordem de Crivella para apreender livros

Geral

Várias bandeiras com o símbolo do arco-íris foram erguidas em vários pontos do Rio Centro. Perto da Arena #Semfiltro, que tinha como tema 'Literatura arco-íris', o público fez um beijo simultâneo.

Frequentadores da Bienal do Livro fizeram neste sábado (7) protestos contra a ordem do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, de apreender exemplares do romance gráfico "Vingadores, a cruzada das crianças" (Salvat), que tem a imagem de um beijo entre dois personagens masculinos.

Várias bandeiras com o símbolo do arco-íris foram erguidas em vários pontos do Rio Centro. Perto da Arena #Semfiltro, que tinha como tema 'Literatura arco-íris', alguns casais do público fizeram um beijo simultâneo.

"Essa questão do Crivella, não tem como não falar. Fiquei muito triste, porque me senti pessoalmente atacado. E é realmente um ataque. Mas não durou dez minutos porque quando eu vi a reação das pessoas dizendo 'não, não é assim que funciona, estamos juntos e não vamos ceder', isso que foi o mais forte", disse o autor Vinicius Grossos, que participava do espaço.

Leia mais