Governo Bolsonaro corta mais de 5.600 novas bolsas da Capes

Política

Somente em 2019, mais de 11 mil bolsas de estudo foram suspensas. O CNPq, do Ministério da Ciência, também está em situação crítica

A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) anunciou nesta segunda-feira 2 que irá cortar 5.613 bolsas de estudo para a pós-graduação no ano de 2019. As bolsas em questão começariam a valer a partir de setembro, mas, agora, somam-se num total de aproximadas 11.800 bolsas que estão suspensas pelo órgão, já que este é o terceiro anúncio de contingenciamento somente neste ano.

Leia mais